da Terra e do Território no Império Português

Início » Botelho, Simão » Botelho, Simão (c.1509-c.1565)

Botelho, Simão (c.1509-c.1565)

Foi o autor do Tombo Geral do Estado da Índia (1554), a mais antiga compilação geral dos bens e rendimentos da monarquia portuguesa na Ásia. Simão Botelho de Andrade nasceu em Lisboa e partiu para a Índia em 1532. Foi feitor em Ceilão (1542) e vedor da fazenda de Malaca (1544-1545) antes de ocupar, em 1546, o recém-criado posto de vedor da fazenda das fortalezas. Dando cumprimento a instruções, esteve em Ormuz, Diu, Baçaim, e Chaul, procedendo ao tombamento local dos bens patrimoniais e direitos fiscais devidos à coroa. Distinguindo-se nestas funções, em 1550 recebeu nomeação para vedor da fazenda da Índia, magistratura associada ao governador ou vice-rei. Apesar de impedido de prosseguir as visitas, o novo vedor continuou a compilar informações sobre o património régio das demais fortalezas, tendo terminado o Tombo Geral do Estado da Índia em Outubro de 1554. Ainda nesse ano, tomou hábito no Convento de S. Domingos de Goa. [A: Susana Münch Miranda, 2014]

Bibliografia: Almeida 1969; Felner 1868; Miranda 2007.

doi:10.15847/cehc.edittip.2014v038

Anúncios