da Terra e do Território no Império Português

Início » Intendência da Agricultura (Goa) » Intendência da Agricultura (Goa)

Intendência da Agricultura (Goa)

Uma Intendência Geral da Agricultura foi estabelecida em Goa, em 1776, no contexto das reformas pombalinas, para promover o desenvolvimento agrícola, visando a auto-suficiência alimentar e o crescimento do comércio, através do aumento da produção e da introdução de novas culturas. Integrava um inspector e intendente-geral, um ajudante e um escrivão, a que se juntaram, em 1782, quatro ajudantes nas Ilhas, Bardez e Salsete. A Intendência foi particularmente activa durante as primeiras administrações, de Gustavo Adolfo Hércules de Chermont (1776-1785) e Simeão Rodrigues Pereira (1786-1794). A execução do plano de desenvolvimento agrícola, que suscitou uma vigorosa oposição dos gancares, traduziu-se em medidas compelindo ao arroteamento de terrenos, à construção de infra-estruturas relacionadas com novas várzeas de arroz, ao aforamento de terras e ao cultivo de certas espécies em quantidades determinadas. Em Oitocentos, a Intendência passou a ocupar-se, essencialmente, de experiências com plantas medicinais e de tempero, no jardim botânico de Goa. Suspensa em 1822, a instituição foi abolida em 1834. [A: Eugénia Rodrigues, 2014]

Bibliografia: Dias 2004; Rodrigues 2006.

doi:10.15847/cehc.edittip.2014v017

Anúncios